O deputado federal Celso Russomanno instaurou inquérito policial, junto ao 16º Distrito de São Paulo, para se defender das acusações caluniosas e difamatórias praticadas por Davincci Lourenço de Almeida nas redes sociais.

Davincci furtou-se de atender a convocação para comparecimento na polícia judiciária e foi indiciado indiretamente pela prática, em tese, dos delitos de calúnia, injúria e difamação, conforme você pode constatar no Relatório Final do Departamento de Polícia Judiciária da Capital.

 

Anúncios